Audi Sport em Portugal > Conheça o Mundo Audi > Audi Portugal - Na vanguarda da técnica

Mundo Audi

  • audisport_homestatico.jpg
audisport_homestatico.jpg

Audi Sport.
Nascido na pista, construído para a estrada.

História À semelhança dos veículos de grande produção, a Audi possui também uma história de ouro na competição automóvel durante este seu primeiro centenário. Tudo começou nos anos 30 do século XX, quando as quatro diferentes versões do Auto Union - Type A, B, C e D - lograram atingir dezenas de vitórias nos mais importantes circuitos europeus da época.
Em 1934, o Type A saiu directamente da fábrica para a competição. Apresentando pela primeira vez um motor de seis cilindros colocado atrás do piloto, este modelo foi fruto do trabalho desenvolvido por Ferdinand Porsche. Com Hans Stuck ao volante, o Type A estreou-se no circuito de Avus, em Berlim, batendo um recorde mundial. Seguiram-se uma sucessão de modelos de forma a aumentar ainda mais a competitividade. O derradeiro, o Type D, lançado em 1938, tinha um motor V12 de 3.0 litros sobrealimentado, que debitava 500 CV.
No início dos anos 80 do século XX, a Audi revolucionou o Campeonato do Mundo de Ralis com o lendário Quattro, um modelo de competição equipado com o sistema de tracção permanente quattro que ditou a lei nas provas do Mundial de Ralis. Depois de desenvolvida na competição, a tecnologia quattro foi progressivamente introduzida em vários modelos Audi de produção mantendo, ainda hoje, um estatuto inquestionável de vanguarda tecnológica.
Stig Blomqvist, Walter Rohrl, Hannu Mikkola, Michèle Mouton e Franz Wittmann foram alguns dos pilotos que tripularam o Audi Quattro naquela época de ouro do Mundial de Ralis, em que imperavam os famosos “Grupo 4” e mais tarde os “Grupo B”, modelos com uma potência que chegavam a rondar entre os 320 e os 476 cv, respectivamente.
E se Michèle Mouton nunca chegou a vencer o Mundial de Pilotos, o seu nome ficará para sempre ligado à história deste campeonato: foi a primeira mulher, e até hoje a única, a vencer provas do Campeonato Mundial de Ralis, incluindo o Rali de Portugal de 1982, temporada em que se sagrou vice-campeã mundial e contribuiu decisivamente para o triunfo da Audi no Mundial de Marcas. A Audi voltou a conquistar o Mundial de Marcas em 1984 (com Stig Blomqvist a assegurar o título de Pilotos), enquanto em 1983 foi Hannu Mikkola a sagrar-se Campeão do Mundo.
Em 1985, Mouton foi também a primeira mulher a vencer a Rampa de Pike's Peak (em que Rohrl também triunfou), uma das mais famosas corridas realizadas nos Estados Unidos, ao volante de uma versão específica do Audi Sport quattro S1.
Em termos de grande produção foram fabricadas 11.452 unidades do Audi Quattro, entre 1980 e 1991. Em modelos equipados com o sistema quattro, a Audi já ultrapassou a produção em mais de dois milhões de unidades desde 1980.
Neste início do século XXI, o destaque pertence às oito vitórias em 11 presenças nas míticas 24 Horas de Le Mans. Com as três consecutivas do Audi R8 - 2000, 2001 e 2002 - a marca passou a integrar o restrito grupo de, apenas, cinco construtores a vencer a mítica prova francesa através da mesma equipa por três vezes consecutivas e, simultaneamente, a primeira a alcançar um “hat-trick” nos últimos 20 anos. Também o trio de pilotos da Audi formado por Frank Biela, Tom Kristensen e Emanuele Pirro estabeleceu um novo recorde histórico na competição automóvel, tornando-se na primeira formação a vencer em Le Mans por três vezes consecutivas. O Audi R8 voltou a vencer as edições de 2004 e de 2005.
Em 2006, a grande aposta da Audi na competição automóvel estava no novo Audi R10, o primeiro veículo a ser equipado com um motor Diesel: um bloco V10, com uma potência de cerca de 610 CV. E nessa temporada conquistou um triunfo histórico ao ser o primeiro veículo equipado com uma motorização Diesel a ganhar em Le Mans, a que se seguiram novas vitórias em 2007 e 2008. Após este oitavo triunfo, a Audi passou a ser a terceira Marca mais vitoriosa em Le Mans, surgindo à sua frente apenas a Porsche e a Ferrari (com apenas mais uma vitória). Entretanto, Tom Kristensen continua a ser o recordista de vitórias em Le Mans (oito), a maioria ao volante de modelos da Audi.
Os Audi R8 e R10 TDI também conquistaram 9 títulos no ALMS (American Le Mans Séries) e numerosas vitórias no Le Mans Séries, enquanto a senda de êxitos é, ainda, encontrada nas 49 vitórias registadas até hoje no competitivo DTM - actualmente com o Audi A4 DTM - o mais popular campeonato de Touring Car a nível mundial. Hans-Joachim Stuck (1990), Frank Biela (1991), Laurent Aiello (2002), Mattias Ekstrom (2004 e 2007) e Timo Scheider (2008) foram alguns dos campeões no DTM ao volante de um Audi.