Inovação

Audi Urban Purifier – O melhor filtro de poeiras para veículos elétrico

AM-10-17


A Audi está a trabalhar num projeto-piloto com o fornecedor MANN+HUMMEL para desenvolver um filtro de partículas para automóveis elétricos que recolhe as partículas da área circundante. Tanto durante a condução como no carregamento, este já vai ajudar a melhorar a qualidade do ar das cidades, durante esta primeira fase de testes. Esta tecnologia inovadora será demonstrada no GREENTECH FESTIVAL em Londres.

 

Independentemente do sistema de transmissão de um veículo, 85% da poeira no tráfego rodoviário é causada por travões, pneus, ou abrasão da estrada. As partículas de pó mais pequenas, praticamente impercetíveis a olho nu, são de tamanho reduzido, com um diâmetro de apenas 10 micrómetros, e por isso podem ser facilmente inaladas. No ano passado, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou limites de partículas significativamente mais baixos do que no passado, mas, segundo os especialistas, seria impossível cumprir estes novos valores em muitas das áreas urbanas da Alemanha.

Filtragem passiva durante a condução, filtragem ativa durante o carregamento

A Audi coloca a sustentabilidade no centro das suas atividades e assume a responsabilidade pelo ambiente e pela sociedade. A empresa esforça-se por tornar a produção neutra em carbono1 e por reduzir as emissões sempre que possível. Juntamente com o fornecedor MANN+HUMMEL, a Audi acaba de desenvolver um filtro para a frente do veículo que recolhe as partículas do seu ambiente; funciona de forma semelhante aos sistemas estáticos que já estão em uso em algumas cidades. A versão móvel assegura não só a absorção das próprias emissões do automóvel, tais como as de um Audi e-tron, mas também as de outros veículos - precisamente onde são geradas.

O projeto piloto foi lançado em 2020 e vai decorrer durante um período de quatro anos, explica Fabian Groh, Gestor de Projeto em Desenvolvimento de Sistema de Fixação na AUDI AG: "Este filtro de partículas é um exemplo da nossa procura por inovação para o benefício de todos e de uma colaboração bem-sucedida com fornecedores especializados. Já estamos a fazer muito, por nossa própria iniciativa. Prevemos que futuramente se torne também um requisito legal."

O filtro é integrado no fluxo de ar existente no veículo à frente do radiador, de modo que apenas sejam necessárias algumas modificações no veículo, mantendo os custos baixos. O elemento do filtro é controlado através da entrada de ar de refrigeração comutável e a sua função mecânica é comparável à de um aspirador. Através de um princípio semelhante, as partículas permanecem presas no filtro e o ar ainda pode fluir através dele.

Até à data, o filtro tem sido utilizado em veículos de teste Audi e-tron. Durante a condução, filtra passivamente por meio do movimento do veículo; o ar flui através do sistema de filtragem, que captura até as partículas mais pequenas. Outra possibilidade é a filtragem durante o carregamento estático. Um ventilador que já está incorporado em cada veículo elétrico faz passar o ar ambiente através do radiador - o sistema aproveita este processo e pode assim filtrar ativamente o ar que flui através dele, utilizando o filtro de poeira fina, assegurando que as partículas mais finas são absorvidas, mesmo quando parado. O que é ideal para utilização em ambientes urbanos, onde a poluição por partículas é muito mais elevada do que nas zonas rurais.

Eficácia comprovada através de testes de resistência

As avaliações realizadas nos veículos de teste não foram apenas utilizadas para analisar a eficácia dos filtros, mas também para determinar se a tecnologia afeta a utilização global do veículo. Depois de mais de 50.000 quilómetros de testes de resistência no Audi e-tron, a resposta foi clara: os filtros não têm qualquer efeito negativo no funcionamento do veículo elétrico, inclusive nos dias quentes de verão ou durante o carregamento rápido.

O sistema é tão eficaz que, dependendo do cenário de utilização, as partículas do Audi e-tron são completamente filtradas numa cidade altamente poluída como Estugarda. Em cidades ainda mais poluídas, como Pequim, as emissões de poeira fina podem ser absorvidas ativa e passivamente por até três veículos, num cenário típico de utilização pelo cliente. Para tornar o sistema ainda mais eficaz, a Audi está a trabalhar com a MANN+HUMMEL para se ligar aos sensores existentes, tais como estações meteorológicas, além de estarem a planear desenvolver uma lógica de visualização no veículo, permitindo aos passageiros determinar quando o sistema está ativo e quanto já foi filtrado.

Sistema de filtragem com uma elevada percentagem de resíduos reciclados

O filtro é fácil de manter e só deve ser substituído quando o intervalo de serviço regular tiver sido atingido. Uma análise do ciclo de vida de todo o sistema de filtro mostrou que representará 14,9 quilogramas de equivalentes a CO2. Além disso, o próprio filtro é composto por 15% de material reciclado e todo o sistema é 60% reciclado.

Vão estar disponíveis mais informações, ilustrações e exposições sobre o Audi Urban Purifier no GREENTECH FESTIVAL em Londres.