Inovação

Audi escolhe Sauber como parceiro estratégico para participação na Fórmula 1

AM-10-28


O próximo marco importante no caminho para o Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA foi alcançado: a Audi escolheu a Sauber como parceiro estratégico para o projeto e planeia adquirir uma participação no Grupo Stauber. A parceria verá a tradicional equipa de corrida suíça a competir como a equipa de fábrica da Audi a partir de 2026 usando a unidade de motor desenvolvida pela Audi na primeira classe do desporto automóvel.

 

Na sequência do anúncio da sua entrada na Fórmula 1 no final de agosto, a Audi anuncia o próximo marco para a entrada da empresa na primeira classe do desporto automóvel com a confirmação do novo parceiro estratégico. Com cerca de 30 anos de experiência competitiva, a Sauber é uma das mais renomadas equipas tradicionais da Fórmula 1. Enquanto a unidade de motor será criada no Centro de Competência de Automobilismo da Audi em Neuburg an der Donau, a Sauber irá desenvolver e fabricar o automóvel de corrida na sua fábrica em Hinwil (Suíça). A Sauber também será responsável pelo planeamento e execução das operações da corrida.

"Estamos muitos satisfeitos por ter ganho um parceiro tão experiente e competente para o nosso ambicioso projeto de Fórmula 1", diz Oliver Hoffmann, Membro do Conselho de Desenvolvimento Técnico da AUDI AG. "Já conhecemos o Grupo Sauber, que tem instalações de última geração e uma equipa experiente com colaborações anteriores e estamos certos de que juntos formaremos uma equipa forte". Por exemplo, a Audi Sport já usou de forma regular o túnel de vento de alta tecnologia do Grupo Stauber em Hinwil, a pouco menos de quatro horas de distância, durante a bem-sucedida era de Le Mans e durante o desenvolvimento do carro de turismo Classe 1 para o DTM.

"A Sauber é um parceiro de primeira classe"

"A Audi é o melhor parceiro para o Grupo Sauber", diz Finn Rausing, Presidente da Sauber Holding. "É claro que ambas as empresas partilham os mesmo valores e visão. Estamos ansiosos para alcançar os nossos objetivos comuns com uma parceria forte e bem-sucedida."

O desenvolvimento da unidade de motor, que consiste num motor elétrico, bateria, sistemas de controlo e um motor a combustão, já está em pleno andamento nas instalações da Audi Formula Racing GmbH, especialmente fundada em Neuburg an der Donau.

Estão mais de 120 funcionários a trabalhar no projeto. "A Sauber é um parceiro de primeira-classe para a utilização da Audi Power Unit", diz Adam Baker, Diretor Executivo da empresa. "Estamos ansiosos para trabalhar com uma equipa experiente que ajudou a moldar várias épocas da história da Fórmula 1. Juntos, queremos escrever o próximo capítulo, a partir de 2026."

A expansão das instalações de Neuburg está a acontecer

O calendário até à primeira corrida com a participação da Audi na temporada de 2026 é ambicioso: a expansão das instalações de Neuburg em relação a pessoal, edifícios e infraestrutura técnica deve ser em grande parte realizada em 2023. Os primeiros testes com a unidade de motor desenvolvida para os regulamentos de 2026, num carro de teste de Fórmula, estão previstos para 2025.

Fórmula 1 está a dar um grande passo em direção à sustentabilidade com os novos regulamentos que irão entrar em vigor a partir de 2026. Este foi um pré-requisito importante para a Audi decidir entrar no campeonato. As unidades de motor serão mais eficientes do que são hoje, pois a proporção de energia elétrica irá aumentar significativamente. O propulsor elétrico terá, então, quase tanta potência quanto o motor de combustão interna, que chega a 400 kW (544 cv). Os motores turbinados de 1,6 litros altamente eficientes serão alimentados por combustível sintético sustentável que é neutro em CO2 (de acordo com as normas da UE). A Fórmula 1 também estabeleceu para si mesma o objetivo de ser neutra em CO2 como uma série de corridas até 2030.